Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Manuel António Pina, no JN

por António Manuel Venda, em 26.10.11

A opinião desinteressada

Em tempos, como os nossos, de falta de memória, valem-nos a Net e quantos, na Net – pois a generalidade dos media tradicionais se tornou hoje em instrumento de esquecimento –, não desistem de se lembrar. Sem a Net, no caso a blogosfera, ficariam por desmascarar muitas trapaças de opinião com que alguns dos figurões que peroram nas TVs e jornais vão levando, com o ar mais "técnico" deste mundo, a água ao insaciável moinho das próprias conveniências.

Devo à infatigável memória do blogue http://derterrorist.blogs.sapo.pt o "link" que me fez descobrir o que Ângelo Correia pensava há um ano sobre direitos adquiridos: "A terminologia político-sindical proclama a existência de 'direitos adquiridos' (...) [Ora] numa democracia, 'adquiridos' são os direitos à vida, à liberdade de pensamento, acção, deslocação, escolha de profissão, organização política (...) Continuarmos a insistir em 'direitos adquiridos' intocáveis é condenar muitos de nós a não os termos num qualquer dia do futuro" (CM, 14/6/10).

Isto era há um ano. Entretanto, quando direitos adquiridos a salários e pensões são todos os dias espezinhados, discutindo-se agora a suspensão das subvenções vitalícias de ex-políticos que acumulem vencimentos no sector privado, Ângelo Correia já pensa outra coisa: "Os direitos que nós temos são... direitos adquiridos!" (RTP, 24/10/11).

Aqui está um homem em cujas desinteressadas opiniões se pode confiar.

Autoria e outros dados (tags, etc)


9 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 26.10.2011 às 13:34

E se ao menos fosse este o único "cata-vento" cá do sítio, até nem estaríamos nada mal, mas o pior é que são às centenas, aos milhares... E nem é preciso recuarmos um ano. Veja-se só o nosso actual PM que ao fim de apenas quatro meses, já se esqueceu de tudo aquilo que dizia antes de estar no poleiro e de tudo o que na campanha eleitoral jurou que não faria se fosse eleito.
Imagem de perfil

De António Manuel Venda a 26.10.2011 às 13:44

O PM, nisso de sacar do Estado, até é do melhor que temos tido. Mas mentiu como poucos políticos terão alguma vez mentido em Portugal, e aí estragou tudo. Já ganhou o seu lugar na nossa triste história política das últimas décadas.
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 26.10.2011 às 13:36

Ângelo, mas não tropego.
Imagem de perfil

De António Manuel Venda a 26.10.2011 às 13:40

Mas às vezes parece um pouco.
Sem imagem de perfil

De Luís Reis Figueira a 26.10.2011 às 13:42

Ângelo, mas não angélico, nem anjinho, nem angelical...
Sem imagem de perfil

De Sérgio de Almeida Correia a 26.10.2011 às 15:31

E garanto que da próxima vez que Mário Crespo o confrontar com essa falta súbita de memória , ele abrirá muito os olhos e com ar cândido apresentará uma explicação ao nível do que ele e o seu digno delfim já nos habituaram.
Sem imagem de perfil

De jpt a 26.10.2011 às 17:38

um artista português (saudando a blogosfera, como diz o MAP, por nos ir lembrando isto)
Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 27.10.2011 às 10:56

Obrigada, António. Isto passava-me ao lado se não fosse o teu post. Adorei saber.
Sem imagem de perfil

De José Lopes a 29.10.2011 às 19:56

O vídeo com essas declarações: http://www.youtube.com/watch?v=HLfOhT6GfIg

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D