Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Comissão de Serviço XV

por Fernando Sousa, em 25.10.11

A MASCOTE

 

Em Nampula, a Polícia Militar ficava ao lado das nossas flats

Tinha uma mascote: um miúdo preto, de uns oito anos, escapado, pelo que se contava, ao massacre da sua aldeia e adoptado pela PM, que lhe fez uma farda e o graduou, se não me falha a memória em capitão.

A unidade tinha ordens para respeitar o artifício. Os sentinelas saudavam-no com o cumprimento devido, acompanhado por um sorriso paternalista, ao que ele respondia fazendo-lhes, muito direito e sério, a continência.

Dormia e comia no quartel. E do que mais gostava era de jogar à bola.

Já na metrópole, perguntei a um velho camarada de armas que fora feito do puto. Respondeu-me que, a poucos dias da independência da colónia, a tropa lhe tirara a farda para o poupar a uma eventual retaliação. Mas que depois fora descoberto por um grupo, embriagado, da Frelimo, despido sobre o balcão de um bar, cuspido e agredido, chorando que não lhe fizessem mal.

[Este episódio era para o fim desta Comissão, mas não aguentei mais.]

 

(Notinhas de uma guerra engolida)

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De Teresa Ribeiro a 27.10.2011 às 11:08

Só agora te li, Fernando. Percebi porque querias deixar esta parte para o fim. É profundamente triste esta história. As histórias mais difíceis de engolir são as que nos falam de miséria humana. Temos genes muito ordinários. Não há omo que os lave, por mais séculos que passem.
Imagem de perfil

De Fernando Sousa a 27.10.2011 às 12:26

Infelizmente não foi a única que vivi, de que fui testemunha ou ouvi por outros. Mas foi, sim, um dos momentos mais altos das baixezas da guerra colonial. Que fique escrito.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D