Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Modo de Vida (18)

por Adolfo Mesquita Nunes, em 18.10.11

Não custa perceber que uma canção (ou um artista ou um livro ou um quadro, não interessa agora) tenha a capacidade de se colar a nós até a fazermos nossa. O que custa a aceitar é que a vida seja pequena demais (ou circunstancial em demasia, vá) para nos deixar descobrir todas, ou pelo menos algumas, dessas canções. Quantas aí estão, escondidas num álbum qualquer, tão nossas, sem que sequer saibamos da sua existência? Esta, por exemplo, que vos deixo porque o senhor vai estar em Sintra já depois de amanhã, chegou até mim pelo acaso que reservamos à ficção; não esperou anos para vir até mim mas todos os anos que esperasse teriam sido perdidos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


3 comentários

Imagem de perfil

De Ivone Mendes da Silva a 19.10.2011 às 01:03

Gostei desta tua ideia, Adolfo, de que a obra de arte se pode colar a nós mesmo antes de a sabermos nossa.
Imagem de perfil

De Adolfo Mesquita Nunes a 19.10.2011 às 09:11

Desde criança que me enerva a possibilidade de estar a passar ao lado dessas obras de arte. Por exemplo, em miúdo, quando escolhia um livro da enorme estante que os meus avós tinham, pensava que podia estar a fazer uma escolha radical, a pegar numa mediania e a deixar ao lado a obra que mudaria a minha vida. Multiplicando isto por todos os livros do mundo, e aqueles escritos que ainda não foram publicados, podes bem imaginar até onde leva esta neurose :)
Imagem de perfil

De Ivone Mendes da Silva a 19.10.2011 às 12:02

Olha, Adolfo, parece-me a mais saudável de todas as neuroses. :) Antes isso do que comprazer-se com o (sempre pouco) que se sabe e se conhece.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D