Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Casas abaixo

por João Carvalho, em 13.01.09

Em matéria de habitação, todos nós estamos fartíssimos de assistir a surtos de especulação imobiliária sem que nada aconteça: a oferta aumenta, os compradores não se mexem e os preços permanecem. Pode o mercado estagnar durante largos períodos que os preços nunca chegam a descer.

Neste momento, porém, a observação efectuada em alguns Estados norte-americanos, em cidades onde se vive tradicionalmente bem, concluiu que os preços estão a baixar. Em muitos casos, o desespero de quem vende é tal que a oferta já caiu para metade dos valores pedidos antes.

Se estamos a falar dos EUA, estamos a falar do berço da crise internacional. Ora, por uma vez, pode ser que o caso alastre e também chegue até nós. Quem estiver interessado em comprar casa, vale a pena esperar para ver. Não é bom saber que estes sinais atingem o mercado inteiro e não apenas o sector imobiliário. Obviamente, é pouco agradável verificar que aqueles que vendem estão hoje a passar por sérias dificuldades, mas as dificuldades de quem compra a preços especulativos já tem barbas.

Autoria e outros dados (tags, etc)


4 comentários

Sem imagem de perfil

De arguto a 13.01.2009 às 01:50

Aqui isso não sucede porque mais tarde ou mais cedo o estado vem desregular o mercado apoiando os construtores e as construtoras, metendo-lhes a mão por baixo..
Imagem de perfil

De João Carvalho a 13.01.2009 às 02:23

Sim, já estou a imaginar o discurso oficial: senhoras construtoras e senhores contrutores, estamos aqui para vos meter a mão por baixo...
Gostei da abertura. Usa-se muito sublinhar os dois géneros. E soa bem.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 13.01.2009 às 10:08

Os preços em Portugal não descem por diversos motivos:

1) Os compradores de casas pagam à partida 20% ou mais do seu valor, uma vez que os bancos nunca emprestam o valor total da compra, ao contrário daquilo que é usual nos EUA. Logo, as pessoas têm a sua fortuna pessoal empenhada na casa, e não estão dispostas a perdê-la.

2) Devido aos altos impostos sobre os carburantes, o aumento percentual do preço dos ditos é menor quando o petróleo aumenta. Logo, as pessoas não têm tanto estímulo para vender uma casa por esta ficar longe do local de trabalho.

3) Muitas casas ainda pagam IMI de acordo com valores antigos, e é relativamente fácil uma pessoa deixar de pagar o condomínio e não ser imediatamente punida por isso. Portanto, as despesas de manutenção de uma casa desocupada são relativamente baixas.

Já falei com diversas pessoas que estão nesta situação de quererem vender casa e não encontrarem comprador, e aquilo que elas me dizem é sempre o mesmo: não estão dispostas a baixar o preço porque, embora queiram vender, não estão de facto desesperadas por fazê-lo. Acima de tudo não querem ter a perceção psicológica de que perdem dinheiro na venda.
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 13.01.2009 às 12:04

Boa tarde
Falam de quem quer vender as casas... e quem vai ser expropriado/roubado das suas casas por causa do TGV?
Vão ser "financiadores" à força!
Não têm direito a esperar que o mercado esteja mais favorável ou que as deixem em paz!
Bom, ainda muita tinta vai correr sobre esta assunto!
Cumpts.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D