Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O derrotado

por Laura Ramos, em 14.09.11
Pois eu, que nem sou gulosa, também não me conformo com esta derrota!
Bem sei que o leitão - quantas vezes superior ao cochinillo - já levou a sua quota ao centro.
Mas esta iguaria, senhores? Como é possível compará-la ao pastel de Belém? Que  afinal não é de Belém, nem da Ribeira, nem  do Choupal porque é uma nata, em qualquer ponto do país. Uma nata! E uma nata, convenhamos, é uma simples nata, mesmo na China.
Estes aqui desfazem-se na boca, são um refinamento de paladar, um artesanato exquis, velho de séculos.
Decoram com honra e fidalguia qualquer prato de barro ou travessa em cantão, são um deleite inimitável dos sentidos, uma ourivesaria em triliões de folhas, crestadas, esbranquiçadas, escondendo aquele conteúdo divinal e nunca excessivamente doce.
Consolem-se com o prémio, belenenses.
Mas nem sabem o que perdem...

Autoria e outros dados (tags, etc)


23 comentários

Sem imagem de perfil

De Hugo da Graça Pereira a 14.09.2011 às 02:07

Não gosto de pessoas que dizem que um Pastel de Belém é um simples nata. Não gosto, pronto. A Laura que me perdoe, mas é uma afirmação que revela uma falta de refinamento do paladar que não consigo compaginar com a sua eloquente apologia desse ex-libris da doçaria conventual. Nem parecem coisas ditas pela mesma pessoa...Não tem acaso um heterónimo gastronómico, não?
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 14.09.2011 às 02:21

Não perdoo, Hugo, não senhor. A sua falta de sentido de humor...
Sem imagem de perfil

De Hugo da Graça Pereira a 14.09.2011 às 02:29

Oh Laura, então eu que me diverti tanto a ler o seu post e ainda lhe escrevi um comentário a fazer pirraça!? Olhe que, por princípio, o melhor é nunca me levar a sério. Mais não seja porque, graças a Deus, ainda não tenho idade para isso!
Imagem de perfil

De João Carvalho a 14.09.2011 às 02:35

Por mim, estou como o Hugo: a sardinha só pode ser um exagero fruto da maldita crise.
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 14.09.2011 às 09:13

Sardinha? Ah... De Trancoso, está bem.
Imagem de perfil

De Ana Vidal a 14.09.2011 às 02:42

Bons, bons, são os de Vouzela!
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 14.09.2011 às 09:14

Dizem os gulosos que sim. Para mim, doces demais :-)
Imagem de perfil

De Leonor Barros a 14.09.2011 às 10:09

Subscrevo inteiramente, os de Vouzela são bem melhores do que os de Tentúgal, mas são gostos claro.
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 14.09.2011 às 13:38

São claramente mais ricos no recheio, mas, para mim, demasiado enjoativos. Já agora, há um "nicho" produtivo do pastel de Tentúgal que pouco tem a ver com o mais conhecido. Trata-se do pastel confeccionado de acordo com a tradição secular: em formato de meia lua e com amêndoa. É a imagem que aparece repetida na foto.
Sem imagem de perfil

De João André a 14.09.2011 às 11:48

Isso do leitao tambem tem que se lhe diga: ha muito outro pais a fazer leitao assado. Mesmo que com sabor ligeiramente diferente...
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 14.09.2011 às 13:47

Então não há? E mesmo em Portugal praticam-se versões adaptadas. O 'cochinillo', que comi pela 1ª vez num 'méson' em Madrid em plena Plaza Mayor, não se compara. Aquilo não é um pinto (leitão inocente e rosado) é um frango... Desde aí, desforro-me nas deliciosas tapas e passei a ignorar :)
Sem imagem de perfil

De fernando antolin a 16.09.2011 às 10:40

É que o cochinillo há que ir "descobri-lo" a Segóvia, ao "Candido" ou então que seja em Madrid no "Botín" mas não fica a dever nada ao nosso leitão, mas pronto é espanhol e tal e de má raça, nem bom vento ...

(Antolin, NÃO é eslovaco, ou servo-croata...)
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 16.09.2011 às 13:04

Já anotei, Fernando! Botín. Aprendo sempre consigo. ;)
Imagem de perfil

De Ivone Mendes da Silva a 14.09.2011 às 12:22

Desculpem lá, mas por que razão andam todos a falar de preciosidades de há uns dia para cá. E de leitão e de pastéis de Tentúgal e disso tudo?
Que prémio, Laura?
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 14.09.2011 às 13:34

Ó Ivone, não me perguntes demais;) Mas trata-se de uma eleição para as '7 maravilhas' nacionais da gastronomia, que se deu recentemente. E este post é pura brincadeira...
Imagem de perfil

De Ivone Mendes da Silva a 14.09.2011 às 13:42

Ok. Sabes, eu ando sempre a leste destas coisas e depois faço figuras. Mas já fiz a minha pesquisa. :)
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 14.09.2011 às 13:50

Ivone... não havia a categoria de aperitivos, senão o 'pâté' de orégãos, que me disseram ser típico de Odemira, seria um sério candidato a vencedor. Divino!
Imagem de perfil

De Ivone Mendes da Silva a 14.09.2011 às 17:34

Nunca provei. Deve ser de concepção recente e eu não vou lá para baixo há imenso tempo.
Estas coisas são todas muito boas. Demasiado.
Sem imagem de perfil

De Renda de Bilros a 14.09.2011 às 15:26

"Derrotado", segundo a treta do cliché popular (às vezes dito por eruditos) é quem não foi à luta!
Dito isto, houve uma vitória de pódio em função da projecção geográfica de ambos os contendores. O pastel de Belém está internacionalizado e tem mais público, o pastel de Tentúgal é segundo, apenas, pela geografia. São ambos deliciosos e equivalem-se aquando do "sacrifício" nas nossas papilas gustativas .
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 15.09.2011 às 01:04

Pois é, e para se ir buscar este à origem lá tem de se torcer para a EN 111...
Sem imagem de perfil

De Carla Ferreira a 14.09.2011 às 21:49

Tb não me conformo. Adoro-os, e tenho quem mos traga com frequência, uma perdição. Cá em casa somos todos fãs. De qq forma, tb gosto dos de Belém. Mas dispensava o caldo verde, e a sardinha, confesso. Muito bem entregue foi a do queijo. E faltou-me ainda o ensopado de borrego. Aquele, mesmo à séria.
Imagem de perfil

De Laura Ramos a 15.09.2011 às 01:13

Mmmm, Carla, o queijo da Serra... merecidíssimo. E a alheira? Adorei, sou fã: inteira, rebentada, com migas, sem migas... ;-)

Comentar post





Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D