Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Figuras internacionais de 2010

por Pedro Correia, em 04.01.11

 

 

ANGELA MERKEL e JULIAN ASSANGE

 

Por uma vez, um empate. Duas figuras tão diversas como a chanceler alemã e o fundador da WikiLeaks foram as mais votadas pelos membros do DELITO. Angela Merkel, com a sua Alemanha a recuperar em tempo de crise generalizada no Velho Continente, é cada vez mais a Senhora Europa. Julian Assange, o australiano que veio da Net, pôs todas as chancelarias mundiais em sentido com as suas revelações on line.

Também destacados na votação ficaram o Nobel da Paz chinês Liu Xiaobo, o opositor cubano Guillermo Fariñas, galardoado com o Prémio Sakharov, e a líder da oposição birmanesa Aung San Suu Kyi. Votos isolados recaíram no Papa Bento XVI, no presidente cessante do Brasil, Lula da Silva, e no bioquímico Craig Venter, que criou "vida artificial" em 2010 e já tinha descodificado o genoma humano dois anos antes.

Votos ainda para os chilenos (mineiros e equipa de resgate) e para o contribuinte alemão. Nem é preciso explicar porquê.

Autoria e outros dados (tags, etc)


6 comentários

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.01.2011 às 23:20

Hum. Já calculava...
Imagem de perfil

De Rui Rocha a 04.01.2011 às 16:59

Qual destes homens é o Assange?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.01.2011 às 23:21

É o que gosta de suecas.
Sem imagem de perfil

De Cristina Torrão a 04.01.2011 às 18:38

Não pude deixar de sorrir ao ler o comentário do Rui Rocha, aqui, na Alemanha, também se fazem piadas parecidas.

De qualquer maneira, agradou-me que a Angela Merkel fosse uma das duas personalidades mais votadas. Muito se tem atacado a chanceler alemã no estrangeiro, mas, a verdade, é que a Alemanha é o maior contribuinte dos fundos europeus, que são distribuídos pelos países "necessitados". Um facto que o contribuinte alemão, em geral, não vê com bons olhos. Não há dúvida de que a Alemanha é a economia mais forte da Europa. Mas, nestes tempos de desigualdades gritantes, este país não é excepção. Há por aqui muita pobreza e muito desemprego e é claro que, quando o governo alemão nos diz que não há dinheiro para isto ou para aquilo, ficamos um pouco revoltados a ver biliões a voarem em direcção à Grécia e à Irlanda. A Angela Merkel é, naturalmente, co-responsável pela situação interna do país, eu também não morro de amores por ela. Mas, a meu ver, ela tem gerido com bastante habilidade estes conflitos de interesses.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 04.01.2011 às 23:24

Sublinhou duas coisas que muitas vezes são esquecidas em Portugal:
1. A Alemanha é o maior contribuinte líquido da UE. Portugal já recebeu milhões de euros vindos da Alemanha.
2. Os contribuintes alemães questionam-se, justificadamente, sobre o destino dado aos seus impostos que são desviados para países da UE que têm as contas descontroladas.
Convém esquecer que numa Europa interdependente nenhum povo tem só direitos. Todos temos direitos mas também deveres - nomeadamente deveres em relação à UE.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D