Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um país em escombros

por Pedro Correia, em 19.01.10

 

Em 1948, Truman Capote visitou o Haiti e escreveu um magnífico texto sobre o país, já então um dos mais pobres do mundo, a sua população e a capital, Porto Príncipe, dominada pela "catedral azul-celeste" e pelo cemitério, "grande jardim branco de pedra, uma cidade dentro da outra".

Hoje são diferentes as imagens que nos chegam do Haiti: a grande catedral está parcialmente destruída e o vasto cemitério é incapaz de acolher o número interminável de vítimas de um dos mais devastadores sismos de que há memória. Sinto um nó na garganta enquanto vejo as fotografias que vão chegando da Associated Press à minha mesa de trabalho: muitas reflectem um horror indescritível.

Regresso ao texto de Capote, integrado em Os Cães Ladram, fabuloso livro de crónicas e memórias de pessoas e lugares. "De modo geral, os haitianos são pobres; contudo, a sua pobreza não se reveste daquela atmosfera malévola, mesquinha, que envolve a pobreza que exige a manutenção das aparências. Sempre me aborrece um tanto quando um lugar-comum repisado se revela verdadeiro; nem por isso deixa de ser um facto, creio eu, que as pessoas mais generosas são aquelas que menos têm para dar. Quase todo o haitiano, quando faz uma visita, se despede com alguma pequena lembrança, em regra bastante singular: uma lata de sardinhas, um carrinho de linhas. Mas são dádivas oferecidas com tanta dignidade e delicadeza que, ali, as sardinhas contêm pérolas, a linha é de pura prata."

Hoje os haitianos necessitam, mais que nunca, das dádivas do mundo inteiro - necessitam e merecem. Para que a esperança renasça dos escombros. Em nome da generosidade inata deste povo mártir. E em nome da mais elementar dignidade humana.

 

Ler:

- Notas haitianas. Do Eduardo Pitta

- O voyeurismo da tragédia. Do Francisco José Viegas

- Banalizando o mal absoluto. De José Adelino Maltez

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


5 comentários

Sem imagem de perfil

De CPrice a 19.01.2010 às 15:09

.. brutal o texto de FJV.

"Para que a esperança renasça dos escombros" .. oxalá!

Imagem de perfil

De Pedro Correia a 20.01.2010 às 01:11

Todos esperamos isso, Catarina. A esperança é a última a morrer.
Sem imagem de perfil

De maloud a 19.01.2010 às 15:54

Pois merecem, Pedro, mas mal a CS se vire para outro lado, o Haiti cairá de novo no esquecimento. Já vi este filme demasiadas vezes, para acreditar










Imagem de perfil

De Ana Vidal a 19.01.2010 às 16:37

Infelizmente é isso mesmo que vai acontecer, Maloud. Também não tenho ilusões a esse respeito. Valham-lhes algumas vozes públicas mais insistentes, mas mesmo essas se virarão para outra tragédia que se siga a esta, porque tragédias é coisa que não falta, infelizmente.
Sem imagem de perfil

De lili a 22.01.2010 às 20:11

É tudo tão cínico.

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2017
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2016
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2015
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2014
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2013
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2012
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2011
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2010
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2009
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D