Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Iniciativa à portuguesa

por Pedro Correia, em 01.02.09

"Se o Estado me der dinheiro trago a Fórmula 1 para Portugal"

Carlos Barbosa, ao DN

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:


15 comentários

Imagem de perfil

De Carlos Barbosa de Oliveira a 01.02.2009 às 20:15

Ia escrever um post sobre ste asunto, Pedro, mas tu já dizes tudo no título. Um exemplo brilhante do empresário português. Correr riscos? Com certeza, desde que o Estado pague! Apetecia-me mandá- los bugiar
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.02.2009 às 00:48

Empresário português, com raras e honrosas excepções, só avança com a mão do Estado. Há quem chame a isto iniciativa privada. Erradamente.
Sem imagem de perfil

De mdsol a 01.02.2009 às 20:22

blhac!!!
Sem imagem de perfil

De Daniel Santos a 01.02.2009 às 21:07

O senhor Carlos Barbosa para além de ter descoberto a pólvora, vai ter se por na fila.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 01.02.2009 às 21:49

Parece uma afirmação desabrida, compadre. No entanto, há três coisas inegáveis:
- o ACP é uma instituição de utilidade pública sem fins lucrativos;
- as provas para campeonatos mundiais de primeiro plano (ralis e F1) são caras, mas têm sempre retorno;
- quando há condições para que se realizem, é necessário contar com quem possa exercer influências e prestar garantias no meio internacional e é indispensável a intenção manifesta das autoridades políticas.
Por isso é que não é o Governo a trazer para cá campeonatos de futebol. Mas é preciso que o Governo queira e que se chegue à frente com boa parte das despesas.
Sem imagem de perfil

De António Manuel Venda a 01.02.2009 às 22:55

Pedro, por mais que nos esforcemos, nunca conseguimos acabar a nossa colecção de cromos de Portugal.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.02.2009 às 00:56

António, "colecção de cromos" é uma excelente ideia para lançarmos aqui, como série colectiva. Vamos a isso? Cada um vai avançando com o seu.
Imagem de perfil

De João Carvalho a 02.02.2009 às 01:06

Uma ideia e tanto. Vamos a isso. Cromos nacionais?
Imagem de perfil

De João Carvalho a 02.02.2009 às 01:07

Não tinha reparado: Cromos de Portugal. Certo.
Sem imagem de perfil

De António Manuel Venda a 02.02.2009 às 12:29

Pedro, sim, acho que é de avançar com os cromos.

Já agora, outra coisa, a propósito do Carlos Barbosa... Ouvi ontem falar nele para o Sporting. Será o homem capaz de fazer de nós campeões (atrevo-me até a dizer campeões europeus) se o Estado meter o dinheiro?
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.02.2009 às 22:47

Vamos lá então avançar com os nossos Cromos de Portugal, meu caro. Você dá o pontapé de saída.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 02.02.2009 às 00:56

Compadre, não ponho minimamente a causa a instituição de utilidade pública que é o ACP. E tenho simpatia por Carlos Barbosa, com quem já tive algumas conversas bem cordiais enquanto jornalista. Mas pasmo com esta mentalidade tão portuguesa de ficarmos sempre à espera que o Estado dê o resguardo ou o tiro de partida. A iniciativa privada, entre nós, raras vezes funciona sem o chapéu estatal. Acho mal? Claro que sim. Até porque por detrás da abstracção "Estado" existe o contribuinte concreto, que financia tudo - praticamente todos nós (os que nada sabemos de 'off shores')
Abraço
Imagem de perfil

De João Carvalho a 02.02.2009 às 01:04

Sem dúvida.
Abraço, compadre.
Sem imagem de perfil

De Pedro Gomes a 02.02.2009 às 19:11

E se o Estado me der dinheiro (uns 100 milhões), eu compro a Qimonda e deixo o ministro Pinho feliz.
Sem imagem de perfil

De Virgínia a 02.02.2009 às 19:25

E se o Estado me der dinheiro, eu faço a minha família, amigos, conhecidos e alguns desconhecidos, MUITO FELIZES!
Que pérola!

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D