Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ó Maria, está na altura de matar o bicho!

por Ana Margarida Craveiro, em 29.01.09

Assumindo que José Sócrates é afastado da liderança do partido (pelo próprio PS ou pelo PR, é irrelevante para o meu ponto), acho bem que o PSD não ponha já o Veuve-Clicquot no frigorífico. É que se calhar a Sagres ainda pode durar mais uns anos.

Proponho dois cenários muito diferentes. Num primeiro, temos um eleitorado preocupado com a crise, levando a que a escolha seja racional. Temos altas taxas de desemprego, ainda por cima crescentes, endividamento, falta de dinheiro generalizada. Em quem votamos? No partido "responsável", com provas de governo. Aquele que assegura a estabilidade, a continuidade de políticas. Tendo em conta que não existem grandes diferenças entre PS e PSD, tanto podemos votar num como noutro. O líder talvez não seja muito relevante (rei morto, rei posto), o que interessa é o contexto. E esse implica uma escolha muito clara: os princípios que se lixem, precisamos é de manter o motor a funcionar.

No segundo, a reacção é emotiva. Estamos fartos destes biltres, ladrões. São todos iguais, PS e PSD. Sabemos que são sempre eles a liderar os governos, mas vamos castigá-los, não atribuindo maiorias claras. Com um bocado de sorte, conseguimos até obrigá-los a coligar-se com os pequenos, que parecem estar mais "puros". E portanto votamos nos partidos mais extremistas (sem qualquer conotação): PCP, BE e CDS recolhem tranquilamente os votos neste cenário.

Em nenhum dos meus cenários o caminho do PSD é mais fácil. Se calhar, ainda é cedo para se afiarem as facas.

 

Também aqui.

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Imagem de perfil

De João Carvalho a 29.01.2009 às 02:41

Bela facada, Ana Margarida. Subscrevo o exercício sem pestanejar.
Imagem de perfil

De Pedro Correia a 29.01.2009 às 12:31

Claro que é, Ana Margarida. Mas elas já estão afiadas. E nessa agremiação que mencionas vai correr sangue. Ainda estou para ver quem será o Bruto de Ferreira Leite...

Comentar post



O nosso livro


Apoie este livro.



Links

Blogue da Semana

  •  
  • Afinidades

  •  
  • Lá fora cá dentro

  •  
  • Mais ligações

  •  
  • Informações úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D